Tudo o que você quer saber sobre o mercado para impressão em 3D
Diana Morgado | outubro 27, 2017

Do carro ao smartphone, roupas ou até mesmo os alimentos que você come, tudo será personalizado e fabricado localmente e sob demanda com a ajuda da impressão em 3D. Isso está cada vez mais próximo e possível de acontecer.

Você sabia: O que ‘IronMan’, ‘The Hobbit’, ‘Jurassic Park’, ‘Avatar’, ‘The Muppets’, ‘Terminator Salvation’, ‘Real Steel’, ‘Paranorman’, ‘The Avengers’ têm em comum? Bem, todos esses filmes de Hollywood utilizaram técnicas de impressão 3D!

A impressão em 3D, que foi inventada em 1984 por Chuck Hull, atualmente é usada não apenas pela fábrica de sonhos de Hollywood, mas também no mundo real. Apesar do alto investimento, cada vez mais empreendedores investem na ideia de trazer o digital para a produção física.  À medida que a adoção da impressão em 3D prolifera, os custos diminuirão e, como resultado, será amplamente utilizado em indústrias – desde vestuário até a fabricação para cuidados de saúde – e não somente como prototipo, mas sim, como produto final. No entanto, muitos de nós ainda desconhecemos a dinâmica desta indústria e seus vários casos de uso.

 

Dica: Conheça nosso exemplo de plano de negócios para Impressão em 3D.

 

Mas afinal, o que é a impressão em 3D? Como funciona?

A impressão 3D é uma tecnologia de fabricação avançada que permite a criação de objetos físicos a partir de projetos digitais. É uma forma de fabricação de aditivos onde objetos reais tridimensionais são criados pela camada de “impressão” sobre uma camada de material para alcançar a forma e tamanho desejados.

Uma impressora 3D aceita arquivos CAD digitais (Design assistido por computador) como entrada e imprime objetos 3D com base nesses dados. Esses arquivos contêm informações tridimensionais sobre o objeto requerido, como é a forma, tamanho e densidade. A impressora então corta este modelo 3D em centenas de camadas 2D e imprime o objeto empilhando uma camada de material sobre a outra.

Os métodos convencionais de fabricação envolvem corte e escultura de um bloco de material para obter uma parte e, portanto, caem sob o termo guarda-chuva da fabricação subtractiva. Com a impressão em 3D, projetos complexos que anteriormente não eram realistas devido às restrições dos métodos tradicionais, agora podem ser facilmente trazidos à vida com um desperdício mínimo e um curto tempo de entrega.

Quais são as inovações que acontecem no setor de impressão em 3D?

Se houver a possibilidade de mudar vidas para melhor com uma grande ideia, a impressão em 3D estará lá para mostrar seu alto potencial:

Área médica:

Os médicos de todo o mundo já estão aguardando a tecnologia de impressão em 3D como uma revolução em cuidados de saúde específicos para pacientes, por exemplo: A impressão em 3D agora permite criar implantes que se adequam ao seu corpo com perfeição, obter membros protéticos a uma fração do custo original e mesmo planejar cirurgias com precisão nunca antes vista.

Empresas automotivas e aeroespaciais:

O tempo de colocação dos produtos no mercado estão sendo cada vez menores, graças à prototipagem rápida pela impressão em 3D.

E muito mais…

Noventa por cento de todas as jóias fabricadas no mundo são feitas pela impressão em 3D. A NASA tem grandes planos para a tecnologia, empregando-o em tudo, desde a construção de casas em outros planetas até a remoção de peças sobressalentes e equipamentos para astronautas.

Se a impressão em 3D já não é uma revolução em si, pode ser também o começo de muitas outras.

Embora a impressão em 3D ainda não seja tão rentável quando se trata de fabricação em massa, é uma excelente abordagem para ideias de prototipagem e desenvolvimento de novos produtos. E as empresas de todos os setores de fabricação estão utilizando essa tecnologia para pesquisar e desenvolver novos produtos gastando menos tempo.

Impressão 3D na indústria B2C

A impressão em 3D tem aplicativos praticamente ilimitados para consumidores finais com capacidade para personalização em massa. No futuro, as coisas que você possui não serão apenas uma das muitas milhares de peças similares produzidas a granel. Elas serão exclusivas e personalizadas de acordo com suas especificações. Serão criadas sob demanda, desde os limites da sua própria casa ou o carro que você dirige, o telefone que você usa, etc; tudo será personalizado e fabricado localmente e sob demanda com a ajuda da impressão em 3D.

A palavra é personalização em massa. Esse é o futuro que a impressão em 3D está visando. Tudo soa bastante interessante, mas a impressão 3D precisa ainda enfrentar três obstáculos notáveis. Os obstáculos de consciência, aceitação e regulamentação.

Por fim, o mercado para impressão 3D não começou ontem mas ainda tem muito o que desenvolver e oportunidades a serem descobertas!

Diana Morgado
Sobre o autor: Diana lidera o time de internacionalização do SmartBusinessPlan, a ferramenta que ajuda no sucesso de todos e em qualquer lugar do mundo. Dê uma olhada e teste agora seu plano de negócios.

Artigos relacionados

Que tal começar a escrever seu Plano de Negócios?
Teste SmartBusinessPlan hoje, grátis! Isso mesmo, sem custos.