Os 5 próximos passos após ter um empréstimo negado
Diana Morgado | janeiro 17, 2018

Digamos que você fez seu plano de negócios, completo e revisado. Tudo foi calculado para descobrir exatamente o quanto é necessário investir.  Você pesquisou o melhor empréstimo e juntou toda a documentação necessária. Chegou então a hora de enviar seu pedido de empréstimo. Mas, então, seu maior receio virou realidade: seu pedido foi negado!

Vamos concordar que pode ser bastante desencorajador para um empresário ver o sonho de abrir um negócio não ir para frente devido a decisão de um único credor. Você pode se sentir frustrado, não saber como seguir em frente ou até questionar se seus grandes planos de negócios deveriam se tornar realidade. Respire. Talvez esse será seu primeiro “não” no caminho do empreendedorismo. Por isso, é importante encarar a jornada de empreendedorismo com otimismo e confiança! Mesmo que seja negado uma vez, não significa que está tudo perdido. A chave é descobrir o porquê e tomar as medidas necessárias.

Aqui estão as cinco etapas que podem ser seguidas para entender melhor por que seu empréstimo foi negado e para progredir com seu plano de abrir um novo negócio.

1. Entenda o motivo

Não desanime! A maioria dos credores estará disposto a fornecer uma carta de explicação detalhando as razões pelas quais seu pedido de empréstimo comercial não atendeu aos seus requisitos.

Entender o por quê que foi negado o empréstimo pode ser importante para entender os fatores e não repetir futuramente talvez os mesmos erros. A resposta e o motivo talvez não seja tão óbvia quanto você pensa. Uma carta de explicação do seu credor permitirá que você aborde especificamente essas preocupações antes de buscar novamente um empréstimo. Caso não seja possível receber essa carta, com certeza é possível marcar uma reunião com o responsável sobre o seu pedido de empréstimo ou seu investidor.

2. Verifique o que pode ser feito

Se você já comprou uma casa ou um carro, ou solicitou crédito para o aluguel de apartamento, é provável que já esteja familiarizado com crédito pessoal e com o impacto que pode ter em seu acesso ao financiamento. Mas você sabia que, como proprietário de uma pequena empresa, essa pontuação de crédito pessoal também pesa muito em seu acesso a um empréstimo de pequenas empresas?

É por isso que, ao ser negado um empréstimo para pequenas empresas, um de seus primeiros passos deve ser verificar o seu relatório de crédito pessoal e marcar quaisquer discrepâncias ou problemas financeiros esquecidos que possam ter contribuído para a negação.

Se você encontrar algum erro em seu relatório de crédito, contacte a agência, por escrito, para que as informações sejam corrigidas imediatamente. Você não quer que um erro afete sua capacidade de obter um empréstimo.

Além do seu crédito pessoal, sua empresa também possui seu próprio relatório de crédito, o que influencia na hora de pedir um empréstimo. Para a maioria das pequenas empresas, no entanto, o desafio dos relatórios de negócios e crédito geralmente decorre da falta de crédito – especialmente se sua empresa é relativamente nova ou nunca pediu um empréstimo antes.

Quer verificar sua pontuação de crédito? Veja Aqui !

3. Tome as medidas necessárias

Embora suas pontuações de crédito comerciais e pessoais sejam tipicamente os fatores mais influentes no processo de decisão de um credor, as finanças internas da sua empresa – particularmente a força de sua receita anual, fluxo de caixa e economia dos negócios – também serão consideradas.

Analisar esses fatores do ponto de vista do seu credor pode ajudá-lo a determinar o que você pode fazer para melhorar sua posição financeira ou escolher um tipo de empréstimo que seja melhor seu empreendimento.

A melhor maneira de fazer isso? Dê uma olhada no que se chama Indicador de Cobertura do Serviço da Dívida. Esta fórmula simples é a ferramenta que os credores usam para determinar se a sua empresa tem o fluxo de caixa necessário para fazer seus pagamentos de empréstimos de forma consistente e a tempo.

Não sabe o que é? Aqui está a fórmula básica que você precisará para calcular seu índice de cobertura do serviço de dívida, incluindo seu empréstimo antecipado como parte de seus cálculos:

Lucro operacional líquido anual + depreciação e outros encargos não monetários

Dividido por juros + vencimentos atuais da dívida de longo prazo

Um serviço de dívida de menos de 1 indica que a dívida da sua empresa excederá o fluxo de caixa disponível, o que significa que seu empréstimo certamente será negado. A maioria dos credores procura um indicador mais elevado – pelo menos 1,25 – com uma proporção de 1,5 ou mesmo maior sendo ideal.

Mesmo que você tenha sido negado um empréstimo de pequenas empresas por causa de um indicador baixo, talvez você não consiga aumentar rapidamente a receita ou reduzir as despesas para reaplicar.

Se for esse o caso, considere procurar uma menor quantidade de financiamento – pelo menos no início – para aumentar suas chances de aprovação até que você possa aumentar a capacidade financeira da sua empresa.

4. Considere outras opções

Não podemos dizer isso o suficiente: um empréstimo negado não é um “não” para sempre. As variações entre os padrões dos credores, os requisitos que os diferentes tipos de empréstimo têm, o montante e os termos do seu financiamento geralmente podem significar que, mesmo sem fazer grandes mudanças no seu crédito ou nas finanças do seu negócio, você ainda pode obter um empréstimo para pequenas empresas relativamente rápido se você explorar suas opções.

5. Tente mais uma vez

Além dos desafios de conseguir crédito ou da difícil escolha do tipo de empréstimo comercial, existem erros simples ou negligências no aplicativo de empréstimo de negócios que poderiam ser o motivo pelo qual você foi negado.

Você tem todos os documentos certos? Verificou todos os aspectos dos formulários com precisão?  O seu balanço e as demonstrações de ganhos e perdas correspondem aos extratos bancários e aos documentos fiscais que você forneceu?

Este é o momento de obter um segundo conjunto de olhos em tudo o que você envia para que não arrisque uma segunda rodada de frustração. Ser negado um empréstimo é uma realidade que muitos empresários enfrentam, especialmente após a primeira aplicação – mas não é o fim da sua jornada de financiamento comercial.

Permita-se superar sua frustração; em seguida, siga estas etapas para dar a volta por cima, resolva os possíveis problemas e encontre o financiamento certo que sua empresa precisa.

 

Diana Morgado
Sobre o autor: Diana lidera o time de internacionalização do SmartBusinessPlan, a ferramenta que ajuda no sucesso de todos e em qualquer lugar do mundo. Dê uma olhada e teste agora seu plano de negócios.

Artigos relacionados

Que tal começar a escrever seu Plano de Negócios?
Teste SmartBusinessPlan hoje, grátis! Isso mesmo, sem custos.