Freelancer: como não enfrentar problemas com pagamentos online
Diana Morgado | novembro 2, 2016

Uma das tarefas mais difíceis que podem ser encontradas no meio do caminho do freelancer é conseguir com que seus clientes paguem sem que você tenha dor de cabeça. E não só isso, só quem trabalha com freelance sabe o quanto é complicado convencer o cliente a pagar rapidamente pelo serviço.

Simples é: quando você decidiu trabalhar como freelancer não tinha a intenção de ficar correndo atrás de cada cliente para receber o pagamento. Você escolheu esse trabalho porque faz sentido para a sua profissão ou por necessidade, quaisquer sejam as possibilidades, o correto é ser pago devidamente pelo seu trabalho.

Devido a quantidade de freelancers que ainda possuem esse tipo de problema, resolvemos juntar algumas dicas práticas.

Conheça os seus clientes

Como freelancer, parece fora do normal recusar um cliente em potencial. Mas, é do seu melhor interesse fazer uma boa pesquisa antes de aceitar um trabalho de um cliente desconhecido. A internet está aí para isso também, ter a possibilidade de verificar o histórico de uma empresa ou de alguém.

É possível, na maioria das vezes, descobrir rapidamente quão legítimo é seu cliente. Você pode começar com as redes sociais: Facebook, Twitter e Linkedin.

Construa uma relação sólida de parceria

Isso poderá ser feito durante o processo de trabalho juntos. Nunca deixe, por exemplo, seu cliente no escuro em relação ao projeto – deixo-o a par de tudo que estiver acontecendo.

Estabeleça regras claras

Cada freelancer precisa ter um conjunto de regras antes de iniciar um novo projeto. Estas regras devem cobrir, principalmente, suas condições de pagamento. Isso explica como e quando você espera ser pago por seus serviços. Por exemplo, a fatura deverá ser paga após 30 dias do recebimento.

Além disso, as regras entrarão e poderão ser discutidas de acordo com o escopo de trabalho, prazos, disponibilidade para contato, etc. Não tenha medo de ser flexível quando for possível, faz parte do trabalho Freelance, só se certifique de não ceder para tudo.

Tenha um contrato!

Não confie cegamente nas possibilidades oferecidas. Procure sempre fazer um contrato entre você e o seu cliente. Isso ajudará a deixar todas as condições o mais claro possível, em relação a prazos, políticas de pagamento ou atrasos. E sim, contratos são totalmente aceitáveis e esperados.

Garanta um pré-pagamento

O pré-pagamento do trabalho é sempre importante, especialmente se o projeto for longo e/ou o cliente for novo. Isso também ajuda a você pagar suas despesas enquanto trabalha no projeto e a diminuir a chance de levar uma rasteira na hora do pagamento final.

Não se sinta mal em pedir um pré-pagamento, faz parte da indústria de freelance.

Dica: Como criar uma fatura?

Com o software de faturação é possível criar e enviar faturas eletronicamente usando os modelos fornecidos! Além disso, eles possuem uma página cheia de ferramentas onlines e gratuitas que poderão auxiliar nesse tipo de trabalho. Uma sugestão é o gerador de faturas do Shopify, simples e de gráça.

pagar online

 Tipos de pagamentos on-line

Com a internet, a maioria dos pagamentos são feitos on-line, o que facilita muito e faz com que seu pagamento seja quase que instantâneo. Porém, quando decidir por pagamentos online, você encontrará algumas taxas de processamento pelo caminho. Por isso, pesquise e compare essas taxas para ver qual vale a mais a pena antes de aceitar pagamentos online.

Com isso em mente, as maneiras mais populares para freelancers aceitarem pagamento eletronicamente são:

O que fazer quando um cliente não pagar?

Você seguiu todas as sugestões listadas acima. Mas, seu cliente ainda não pagou sua fatura. Quais são os seus próximos passos?

Ligue para o cliente e seja direto, com educação e profissionalismo. Você pode fazer isso, por exemplo, uma vez por semana. Não fique esperando, talvez ele realmente não se lembra. Normalmente um e-mail pedindo um update da situação pode funcionar bem. Caso o cliente não responda, não hesite em ligar.

Diana Morgado
Sobre o autor: Diana lidera o time de internacionalização do SmartBusinessPlan, a ferramenta que ajuda no sucesso de todos e em qualquer lugar do mundo. Dê uma olhada e teste agora seu plano de negócios.

Artigos relacionados

Que tal começar a escrever seu Plano de Negócios?
Teste SmartBusinessPlan hoje, grátis! Isso mesmo, sem custos.